07 de abril de 2018

Até o início dos anos 2.000 o povo brasileiro era tido como o mais alegre do mundo, mas de lá pra cá fomos divididos em dezenas de subgrupos e quiseram nos fazer acreditar q o branco era racista, o hétero era homofóbico e o rico não queria que o pobre "andasse de avião". 

Por mais que em certos momentos tenham tido méritos em alguns aspectos, paralelamente o PT governou jogando uns contra os outros. 

Lula colocava a culpa de tudo que dava errado na "zelite", mantinha as portas abertas para a CUT e o MST, muitas vezes passava pro povo a impressão de que empresários eram bandidos e chamava agricultores de caloteiros. Obviamente passou a não ser visto com bons olhos por boa parte da população...

Entre um escândalo e outro, quando começou a se ver acuado, chegou ao cúmulo de falar em derramamento de sangue e disse em alto e bom tom que convocaria o exército do Stedile. Seguiu mentindo para os que ainda acreditavam nele que a culpa de todas as nossas mazelas era dos que não acreditavam, inflando cada vez mais a outra parte do povo.

Pra terminar, na data que deveria se apresentar à PF, onde estava Lula? Ah sim, fazendo churrasco em um sindicato cercado por centenas de seguidores fanáticos, que provem o que provarem contra Lulas, Dilmas, Zés Dirceus e Genoínos, permanecem ao lado do partido que seguem, permitindo que os interesses deste fiquem acima dos interesses da própria nação.

Se estivéssemos falando de xadrez ele fez um Roque, movimento que coloca a torre entre a ameaça e o Rei, mesmo que no caso do tabuleiro dele as torres sejam os peões, e a "ameaça" a justiça. A única leitura que se pode fazer disso é que Lula quer ver o circo pegar fogo...

A pior herança que o PT nos deixa é essa, a triste realidade de vivermos em um país dividido, onde semearam raiva e discórdia, assassinaram o respeito e colocaram pra circular milhões e milhões de pessoas com sangue nos olhos, uns com raiva dos outros, por causa de pessoas que se quer realmente estão preocupadas conosco.

Nas discussões já não importa quem está certo ou errado, a razão foi deixada de lado. Entenda ou não o que está acontecendo, você já não fala mais nas pedaladas dos Robinhos, mas sim das fiscais, viramos 200 milhões de pseudos cientistas políticos, todos se achando um mais inteligente que o outro, porque o outro não enxerga que na verdade bla-bla-bla-bla-blá (e lá vem outra teoria da conspiração)...

Se eu pudesse fazer um só pedido em relação ao Brasil, pediria q voltasse a ser aquele país lá de trás, onde o povo era visto no planeta inteiro, simplesmente, como o mais alegre do mundo...